Ads 468x60px

segunda-feira, 13 de Maio de 2013

E tudo Kelvin levou


Mais uma vez, o Benfica teve o pássaro na mão e deixou-o o voar. No super clássico decisivo, o Porto bateu o Benfica, com um golo dramático de Kelvin, que chegou mesmo ao cair do pano, estabelecendo a vitória para o conjunto 'azul e branco', e a tristeza desesperante dos benfiquistas, contrapondo com a euforia entusiástica dos portistas.
Este foi, provavelmente, dos clássicos mais decisivos dos últimos anos. Só isso, deu a este jogo uma intensidade tremenda, e uma emoção incapaz de deixar alguém indiferente. Mas, ao contrário do que muito foi dito no final, o jogo propriamente dito não acompanhou no mesmo nível o tal espectáculo todo. Foi um jogo grande, todavia, não foi um grande jogo. De tal forma, que oportunidades de golo, houve só uma: James isolado, atirou ao poste esquerdo de Artur. Os outros lances de perigo, chegaram através de lances de bola parada. Foi uma partida muito batalhada a meio campo, sendo que o Porto abusava na posse de bola, dominando, que encontrava um Benfica 'fechado', até inteligente, que ocupava bem os espaços, não permitindo investidas 'azuis'. O Benfica acabou por morrer na sua ideologia para este jogo. Os 'encarnados' jogaram, descaradamente, para o empate o que acabou por ser fatal. Uma coisa é jogar com cautela, outra, é jogar 'à defesa'. A mentalidade defensiva imperou em demasia, e prova disto é a precoce entrada de Roderick Miranda aos 66 minutos. Certo é que se Kelvin não tivesse feito aquele épico remate cruzado, provavelmente, estaríamos todos a aplaudir a esperteza táctica de Jesus.
Para a história, além do triunfal golo de Kelvin, fica a imagem de Jorge Jesus, de joelhos, impotente e arrasado, perante a toda festa portista, que culminou com Vítor Pereira ensopado em lágrimas. Enquanto uns sofrem, outros celebram. É esta a magia do futebol.

quinta-feira, 25 de Abril de 2013

Nova Perspectiva?



O futebol parece seguir os caminhos da política. Além de já mandar na Europa a nível político, a Alemanha, parece agora, quer ser grande força hegemónica no futebol. Bayern de Munique e Borussia de Dortmud ao arrasarem Barcelona e Real Madrid, respectivamente, destronaram com aquela dualidade, quase doentia, que colocava ambas as equipas espanholas como único centro do futebol europeu. Ou apoiava-se o Real Madrid, ou torcia-se pelo Barcelona, ou amava-se Messi, ou odiava-se Ronaldo, ou odiava-se o tiki-taka, ou amava-e Mourinho... Enfim um excessiva obcecação em que se resumia o futebol europeu. Nos últimos anos, o futebol tornou-se nisso: parecia que não havia mais nada para além do 'El Clássico'. E isso notava-se, também, nas escolhas individuais: a luta pela bola de ouro era só entre 'La Pulga' e CR7, ao contrário que acontecia em anos anteriores, onde havia um leque muito mais diversificado de possíveis vencedores; o onze ideal da FIFA no último ano, era 100% 'Made in Spain', apenas com Falcão a ser o único intruso entre 'blaugramas' e 'madrilenos'. É verdade que continuava a haver outros grandes clubes, mas estes, eram inferiorizados em termos de importância. Agora, com os dois clubes praticamente arredados - e humilhados, diga-se- da principal prova de clubes europeia, parece que abre-se uma nova janela, parece que, finalmente, descobre-se que há mais futebol para além de Real e Barça, mais jogadores do que Messi e Ronaldo. Já ouvi por aí algures quem afirma que agora acabou totalmente o reinado do Barça. Eu, não penso assim, até porque trata-se de uma das melhores equipas de sempre, que já tem uma máquina de jogo completamente montada, e  porque Messi ainda têm muitos mais anos para afirmar-se definitivamente como o melhor de sempre.
Mas, a verdade, é que agora está tudo montado para o futebol tornar-se outra vez mais abrangente. É bom que assim seja.

quinta-feira, 4 de Abril de 2013

Reviravolta com selo das 'Meias'

O Benfica está bem encaminhado para se qualificar para as meias finais da Liga Europa, pois bateu o Newcastle por 3-1.Vitória justa, sofrida, num jogo onde os 'encarnados' estiveram a perder.
Esta desvantagem no marcador é consequência do mau início das 'águias', que sentiram dificuldades para travar o conjunto ingles. Cissé, aos 12 minutos, inaugurava o marcador, aproveitando a desorganização tática e a via verde que era apresentada pelo corredor esquerdo do Benfica. Esses problemas valeram mais dois sustos ao Benfica ao longo do jogo: por duas vezes, o Newcastle atirou ao poste.
Mas, passada essa turbulenta fase inicial, o Benfica agarrou o domínio do jogo, assumindo a posse de bola, e criando uma série de oportunidades de golo. Destas oportunidades de golo, três foram concretizadas, (Rodrigo, aos 25', Lima aos 65' e Cardozo, de penalti, aos 70') o que valeu, não só a 'cambalhota' no marcador, mas também uma vantagem confortável para a segunda mão.

Real despacha Galatasaray; BVB e Málaga anulam-se

O Real Madrid está com um pé nas meias finais, pois bateu o Galatasaray por 3-0, em pleno Santiago Barnabéu.
Vitória de um Real Madrid muito inteligente. A equipa de Mourinho soube, muitas vezes, entregar a bola inconsequentemente ao adversário, usando como estratégia para depois sair em rápidos e venenosos contra-ataques. Os golos, estes, foram apontados por Ronaldo, Benzema e Higuain.



_______________________________________________________________________________

No outro embate da noite, Málaga e Borrussia de Dortmund empataram a zero, num jogo relativamente equilibrado, com a balança a tender mais para o lado dos alemães. Agora, o carrasco do Porto têm assim vida mais dificultada na difícil viagem ao Westfalenstadion.

Porto segue para a final da Taça da Liga

O Porto goleou o Rio Ave por 4-0 e garantiu presença na final da Taça da Liga. O jogo não foi fácil para os 'dragões', apesar do volumoso resultado.
Os 4-0 não demonstram as dificuldades sentidas pelo FC Porto. Durante o primeiro tempo, o jogo foi equilibrado, com ambas as equipas a terem o mesmo número de oportunidades de golo, isto, apesar dos 'azuis e brancos' terem muito mais posse de bola.
Todavia, no segundo tempo, tudo mudou, em grande parte devido à expulsão de Oblak. Desta forma, o Porto superiorizou-se evidentemente, o Rio Ave tornou-se banal, e a equipa de Vitor Pereira marcou quatro golos que os colocou a final da Taça da Liga. James, Fernando, Defour e Mangala, foram os marcadores de serviço.

quarta-feira, 3 de Abril de 2013

PSG e Barça empatam

Paris Saint Germain e Barcelona empataram, a duas bolas, no Parque dos Príncipes. Jogo bem disputado, onde apesar dos inevitáveis números astronómicos de posse de bola 'blaugrama', viveu-se momentos de equilíbrio.

Ao intervalo, o marcador assinalava 1-0 a favor dos catalães, isto apesar das melhores oportunidades terem pertencido a um PSG entusiástico e altamente desequilibrador devido ao seu supersónico quadrante ofensivo. Ainda assim, a magia de Daniel Alves aliada à frieza de Messi faziam a diferença ao intervalo.
Na segunda parte, o domínio do Barça fez-se notar, sendo que a equipa do regressado Tito Vilanova disponibilizou de algumas oportunidades para 'matar' o jogo. A turma de Carlo Ancelloti só na recta final é que procurou afincadamente a igualdade. Recta final esta que foi um autêntico vendaval frenético. Primeiro, o PSG chegou finalmente ao golo por Ibrahimovic aos 78 minutos. Dez minutos depois, eis que o Barça volta a colocar-se na frente do marcador, devido a um penalti cobrado por Xavi. E, quando já se festejava a vitória catalã, eis que aparece Valdes, a estragar a festa, ao ficar muito mal na fotografia a quando do remate decisivo de Matuidi.

O resultado assenta naquilo que foi o jogo. Agora, para a segunda mão, veremos se os milionários franceses são capazes de calar Camp Nou.

segunda-feira, 1 de Abril de 2013

Com Moutinho, a música é outra!

O Porto voltou aos triunfos, após vencer o Académica por 3-0.
Mesmo sem forçar, os 'dragões' chegavam com perigo à baliza contrária. A Académica, sem grandes argumentos, lutava pela vida, mas sucumbia ao domínio azul e branco. Vitória clara, realizada pelos golos de Mangala, Danilo e Castro.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...